RSS

Arquivo da tag: igrejas

Aula de Facebook para bispos

A Bíblia tem 73 livros, 1.330 capítulos e 35.527 versículos, levando em conta uma determinada tradução de Antigo e Novo Testamento.

O retangulozinho no Twitter comporta, no máximo, 140 caracteres.

“Não é uma linguagem igual à de Guttenberg, né? Agora ela é rápida, simples, espontânea”, diz (por telefone) a irmã Elide Maria Fogolari, uma senhora de 73 anos que no dia 10 de junho anunciou sua entrada triunfal em outra rede social assim:

Olá amigos e amigas!

Finalmente estou entrando no facebook! Não sei se vou dar conta. Fico mais preocupada com as atividades da comissão do que estar no facebook. Mas vamos lá. Um grande abraço, Elide

Se “no princípio era o verbo”, como diz a abertura do Evangelho de João (em 24 caracteres), agora a forma de relatá-lo modernizou: na semana passada, cerca de 55 bispos da Igreja Católica passaram quatro dias numa colônia em Jaboatão dos Guararapes, na região metropolitana de Recife (PE), para um curso de comunicação sobre a era digital.

Pela manhã, exposições teóricas com “leigos”: professores de comunicação de várias universidades do país. À tarde, oficinas práticas de rádio, TV (“media training”) e redes sociais (Twitter e Facebook).

“O mais surpreendente foi constatar o potencial das redes sociais. Vários bispos nunca tinham mergulhado nessa prática e saíram entusiasmados como novos frequentadores do continente digital”, diz (por e-mail) dom Dimas Lara Barbosa, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação e arcebispo de Campo Grande (MS).

LEIA MAIS AQUI: FOLHA

Anúncios
 
1 comentário

Publicado por em 13/11/2013 em POIMENIA

 

Tags: , , ,

How To Get Rid Of Your Pastor!



From the MinistryBestPractices Archives: 


I offer you this tongue-in-cheek and thoughtful post by John Roberts in it’s entirety:


Some time back, I heard about a church that had been trying to “get rid” of their pastor. Sadly, this is something that happens a lot in the American church scene. We get unhappy with the pastor or with something the church is doing; and then, instead of doing the biblical thing and prayerfully seeking to work out the differences, we choose up sides. Then, if there are enough votes to dismiss or enough people to make things really unpleasant, out the pastor goes.

It’s tragic, not only because of what it does to that pastor, but because of the broken relationships and the slow-healing wounds left behind, which often remain long after the pastor departs. Frankly, there are simpler ways. If you ever want to get rid of your pastor, instead of looking for votes or choosing up sides, try one of these five ideas.

Idea No. 1: During the Sunday morning message, listen closely and take notes. Look your pastor straight in the eye, and occasionally nod your head and say, “Amen!” Begin to make serious efforts to apply the life lessons you learn from the sermons. In six months, he’ll preach himself to death.

Idea No. 2: Pat your pastor on the back and brag on his good points two or three times a month. Make a bunch of phone calls to your friends and neighbors and tell them all the good things about your pastor. In a little while, so many more people will start coming to your church, you’ll have to hire an associate pastor, and your senior pastor will be free to leave.

Idea No. 3: Next Sunday, in response to the sermon, go forward to the altar and rededicate your life to Christ. Then make an appointment with the pastor sometime next week. Ask him to give you some job you could do for the church, preferably some lost people you could go visit with a view to winning them to Christ. He’ll likely die of heart failure on the spot.

Idea No. 4: Organize a ministry to call on the shut-ins and elderly members of the church, and encourage the pastor, as the early church did (see Acts 6:1-7), to devote more of his time to prayer, the study of God’s Word and sermon preparation. Tell him you’ll take care of the widows if he’ll take care of the preaching. He’ll think the whole congregation has gone completely crazy and start looking for another church immediately.

Idea No. 5: Get a whole bunch of the church members to unite in earnest intercessory prayer for the pastor, his ministry and his family. Organize prayer meetings in which you pray for the growth of the church and the blessing of the pastor. The pastor may become so effective in ministry that some larger church will gladly take him off your hands.

One note of caution, however: if you try one of these methods, you may find that you don’t want to get rid of your pastor after all.

 
Comentários desativados em How To Get Rid Of Your Pastor!

Publicado por em 30/03/2012 em POIMENIA

 

Tags: , , ,

Toda discussão teológica é do diabo?

Lutero diante do tribunal religioso de Worms, Alemanha, defendendo a doutrina da justificação pela fé.

Por  Augustus Nicodemus Lopes

De vez em quando leio comentários de cristãos nas mídias sociais dizendo, “eu sou mais a Bíblia, eu só quero Jesus, esse negócio de discussão doutrinária só divide a igreja, é coisa de homem e do diabo”.

É claro que eles estão certos se a discussão doutrinária for movida por interesse mercenários e pela luta pelo poder. Todavia, este tipo de juízo generalizado revela uma falsa piedade enorme e uma ignorância ainda maior.

Se hoje estes queridos têm a Bíblia no Brasil para ler em português e conhecem o Jesus que ela ensina é por que:

– A Igreja reconheceu os 66 livros somente depois de muita polêmica contra Marcião e Montano no séc. II a III; sem isto, nem Bíblia teríamos ou então, uma mutilada;

– Os Reformadores quebraram o pau na Idade Média para dizer que a Bíblia é a revelação final de Deus e com isto conseguir que ela voltasse para as mãos do povo;  sem isto, estaríamos escutando missa em latim até hoje e sem uma Bíblia em nossa língua para conferir;

– Comitês de tradução brigam e disputam teologia para saber qual a melhor tradução do grego e hebraico para o português; imagino que estes irmãos “piedosos” não lêem nem grego e nem hebraico e que dependem do português para ler a Bíblia;

– Teólogos e mestres crentes lutaram e brigaram contra os liberais para que as igrejas ficassem com o Evangelho puro acerca de Jesus, verdadeiro Deus e verdadeiro homem. Sem estas disputas teológicas, estaríamos reverenciando um Jesus diferente daquela da Bíblia.

Portanto, acho que estes irmãos estão simplesmente cuspindo no prato em que comem todo dia, ao condenar as disputas teológicas ao mesmo tempo que lêem sua Bíblia em português.

***

Augustus Nicodemus é pastor presbiteriano, Chanceler da Universidade Presbiteriana Mackenzie, escritor e blogueiro. Divulgação: Púlpito Cristão

Fonte: PULPITO CRISTÃO

 
Comentários desativados em Toda discussão teológica é do diabo?

Publicado por em 21/03/2012 em POIMENIA

 

Tags: , , , , , , , , , , ,

Can Older Pastors Really Reach the Younger Generation?

Can Older Pastors Really Reach the Younger Generation?
Do younger people actually prefer an older pastor?

Churches mean well when we pursue strategic ways to reach out and help the church become all God wants it to be. Nevertheless, we also sometimes grab a bushel of strategies and consume them without careful discernment. When we do so, we risk a goose chase that can take the church off-track for years.

Great churches typically share similar traits. They have a “big God.”Community is strong. Worship is vibrant and genuine. They have a clear sense of purpose and aren’t easily distracted. Churches that try to grow share a common impulse toward strategic fads. These fads can be recognized if one steps back and simply thinks of the lack of substance they share. However, I continue to hear how much these things matter from churches all over. In my experience and that of my colleagues in healthy, growing churches…they don’t.

We begin with this one: “Older pastors can’t reach young people.”

Hogwash. Balderdash. Poppycock. Bologna.

These days, when people say “older,” they unfortunately refer to anyone over about 45. I turned 36 a couple of months ago and have had conversations with people at New Vintage about the potential imminent demise of my ability to reach young families. I am in my mid-thirties with a 9, 7, and 1 year-old daughter. When I was 33 and Emily was 30, I was informed I was in a completely different generation than a couple that was 29 and 26 respectively, though our children were the same age. That couple needed to be in a different small group with people “their age” I was told. Give me a break.

Here’s what I’ve found…younger people often prefer an older pastor. When I say “older,” I’m referring to someone 45 and up, probably even in their fifties. The reason–they feel the person has experienced enough of life that they can teach them something. The minister is their parent’s age–but isn’t their parent.

Many of the churches that reach the most young people have pastors well into their fifties. Think about these churches with HUGE numbers of college/singles attendees who effectively plug them into ministry.

  • North Point Community Church – Andy Stanley (53)
  • Fellowship Church – Ed Young, Jr.(50)
  • Harvest Christian Fellowship – Greg Laurie (59)
  • North Coast Church – Larry Osborne (I don’t remember Larry’s age, but he’s late fifties)
  • Calvary Chapel Costa Mesa – Chuck Smith (84) – and the churches he’s helped start are among the best at this.
  • Saddleback Church – Rick Warren (57)

Now, some will say, “Yes, but those are some of the most gifted pastors and incredible churches in America.”

Exactly.

A far bigger indicator of your ability to attract and involve younger people over time will be kind of church you are…not the age of the pastor.

Of course, there are some things that will help. The pastor’s age can be a very small one. If the church is completely old, putting a younger minister in there can help build a critical mass of youth in the pews–and such churches really need to find a way to put some younger people in public ministry roles to convey welcome and inclusion. Also true: left to itself, the church will drift toward looking like the people on stage over time. Nevertheless, reaching younger people for Christ is far more nuanced and complicated than that. If you’re not reaching them now, it isn’t about the age of the minister. It’s far more likely he’s not effective in general, the elders don’t want to change, the church doesn’t care about reaching young people, etc.

If you really want to learn how to reach young people, PLEASE do so. We need to do all that we possibly can. Just know it’s a substantial missional undertaking…not a matter of plug-and-playing a younger model in the pulpit. In fact, if you’re older, you might be even better equipped to reach them than you’ve ever dreamed. It’ll take intentionality, but it’s completely possible if your church is willing to do what it takes.

What difference do you think the minister’s age makes?  

Tim SpiveyDr. Tim Spivey is Lead Planter of New Vintage Church in San Diego, California–a fast-growing plant launched in 2011. Tim is also the purveyor of New Vintage Leadership – a blog offering cutting edge insights on leadership and theology and the author of numerous articles and one book: Jesus, the Powerful Servant.More from Tim Spivey or visit Tim at newvintageleadership.com/

Source: CHURCH LEADERS

 
Comentários desativados em Can Older Pastors Really Reach the Younger Generation?

Publicado por em 10/03/2012 em POIMENIA

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Associação Billy Graham demite funcionários para focar em seu ministério de evangelismo pela Internet

Associação Billy Graham demite funcionários para focar em seu ministério de evangelismo pela Internet

Conhecida mundialmente desde a década de 1950 por causa de suas cruzadas evangelísticas, a Associação Evangelística Billy Graham está mudando seu foco, de forma a trabalhar agora em trabalhos de evangelismo pela Internet. Billy Graham ainda é o presidente honorário da instituição, mas seu filho, Franklin, é quem atua como presidente e CEO.

Com escritórios em cinco países a associação promove formação espiritual, retiros, cruzadas evangelísticas e festivais, o projeto “Biblioteca Billy Graham” e vários programas evangelísticos através de livros, programas de rádio, televisão e sites de internet.

Com o fim das cruzadas a receita da associação caiu de US$ 126 milhões para US$ 93 milhões, chegando em 2011 a 91,6 milhões de dólares, em fevereiro de 2009 a associação começou as demissões, dispensando 55 funcionários. Este mês foi anunciado o corte de mais 50 pessoas, ou seja, 10 por cento dos seus empregados serão dispensados.

A associação divulgou um comunicado esta semana, explicando que o corte de empregos “de nenhuma maneira reflete problemas com a saúde financeira da organização”. A afirmação é de que essas mudanças são reflexo da mudança de foco. Muitos empregados foram remanejados para o que seriam as suas “prioridades estratégicas”, incluindo o site “SearchforJesus.net”, explica o comunicado.

O vice-presidente executivo da Associação, Preston Parrish, justifica a mudança de foco da instituição dizendo que “todos os dias, as pessoas estão procurando por respostas on-line”. “Em seu momento de necessidade, estamos apresentando a única esperança que temos neste mundo a esperança encontrada através de um relacionamento com Jesus Cristo”, explicou.

De acordo com o Charlotte Observer o projeto direciona buscas de frases como “O que acontece quando eu morrer?” ou “Por que estou aqui?” para conteúdos preparados para a instituição, que disponibiliza também conselheiros on-line para os potenciais fiéis.

Fonte: Gospel+

 
Comentários desativados em Associação Billy Graham demite funcionários para focar em seu ministério de evangelismo pela Internet

Publicado por em 05/03/2012 em POIMENIA

 

Tags: , , , , , ,

FARC fecha igrejas na Colômbia Cristãos são vistos como ameaça para atividades terroristas

 FARC fecha igrejas na Colômbia

Embora as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) estejam diminuindo, não significa que estão paradas. Com a morte de vários líderes, relatórios recentes indicam que seus números caíram drasticamente. No seu auge, as FARC contabilizavam mais de 20.000 soldados, mas agora seu número não passaria de 8.000. Nessa busca pela recuperação de alguns territórios, muitas igrejas passaram a serem alvos.

Recentemente, os rebeldes impediram um trabalho evangelístico na região de La Macarena na Colômbia, confiscando rádios, Bíblias e livros cristãos. Eles também estão fechando as igrejas e queimaram os ônibus que tentavam entrar na área, relatou o escritório da Missão Voz dos Mártires.

Um dos missionários da Voz dos Mártires que trabalha na área informou que membros da organização guerrilheira pretendem levantar fundos para continuar mantendo seus grupos paramilitares em funcionamento. Para isso, se envolvem com tráfico de drogas, sequestros e outras atividades ilegais.

Como os cristãos se opõem abertamente às suas atividades, são vistos como uma ameaça. Há registros de que no ano passado as FARC mataram pelo menos cinco cristãos, mas os números reais provavelmente são maiores. A pressão não diminuiu em 2012 e os rebeldes já assassinaram um pastor e dois membros de sua família.

No entanto, a igreja continua crescendo em meio à perseguição. Em 1933, havia cerca de 15.000 evangélicos na Colômbia, mas em 2011, esse número oscila entre 3,5 e 5 milhões. Na Colômbia existem centenas de igrejas que não param de crescer.  A Colômbia é um dos 50 países com maior índice de perseguição, segundo o relatório anual da Missão Portas Abertas.

Traduzido e adaptado de CBN e One News Now

Fonte: GOSPEL PRIME

 
Comentários desativados em FARC fecha igrejas na Colômbia Cristãos são vistos como ameaça para atividades terroristas

Publicado por em 05/03/2012 em POIMENIA

 

Tags: , , , ,

Gays registram filha fertilizada in vitro

Mailton Albuquerque (verde) e Wilson Albuquerque, casal homossexual que registrou a filha em Pernambuco
Mailton Albuquerque (verde) e Wilson Albuquerque, casal homossexual que registrou a filha em Pernambuco

Foto: FOLHA DE SAO PAULO

ANGELA LACERDA / RECIFE – O Estado de S.Paulo

Pela primeira vez no Brasil, uma criança gerada por fertilização in vitro foi registrada como filha de dois homens. Um deles é o pai biológico, o óvulo foi de uma doadora anônima e a gestação ocorreu no útero de uma prima – que assinou uma escritura pública abdicando de qualquer direito sobre a criança.

Os empresários Maílton Alves Albuquerque, de 35 anos, e Wilson Alves Albuquerque, de 40, registraram como filha Maria Tereza Alves Albuquerque, de 1 mês, na terça-feira passada, no Recife. O juiz da Primeira Vara de Família, Clicério Bezerra e Silva, autorizou o registro com base nos princípios da Constituição Federal: igualdade, dignidade da pessoa humana, não discriminação por raça, sexo ou cor e livre planejamento familiar. É o mesmo juiz que em agosto passado transformou a união estável entre os dois em casamento civil.

Juntos há 15 anos, Maílton e Wilson estão empolgados com a concretização do sonho de formar uma família. Os pré-embriões fecundados por Wilson – ambos cederam espermatozoides para serem fecundados – foram congelados e deverão ser gerados no próximo ano. “Queremos dar um irmão para Maria Tereza”, afirmou Maílton.

Ele diz querer que “o nosso caso seja um marco, queremos que o Brasil saiba que há uma nova família em formação no País”.

Inspiração. Maílton esteve no Canadá em 2010 e conheceu um casal de homens com três filhos. Todos eles gerados pelo método da fertilização in vitro. Impressionado, ele perguntou se as crianças não enfrentavam discriminação na escola e ouviu a resposta de que no Canadá a família pode ter pai e mãe, pai e pai e mãe e mãe.

Com a resolução do Conselho Federal de Medicina (CFM), de 6 de janeiro do ano passado, que permite a reprodução assistida no País “por todas as pessoas capazes”, Maílton e Wilson decidiram seguir o exemplo dos amigos canadenses.

“Maria Tereza vai enfrentar uma situação diferente. O Brasil não é o Canadá, mas é um grande avanço e o que importa é que ela vai crescer cheia de amor”, destacou o pai biológico. “Ela vai abrir caminhos e queremos que nossa filha seja respeitada e respeite as diferenças.”

Eles contam com o apoio das famílias e se preparam agora para batizar Maria Tereza na Igreja Episcopal, que frequentam.

FONTE: ESTADAO 

 
1 comentário

Publicado por em 05/03/2012 em POIMENIA

 

Tags: , , , , , ,