RSS

Arquivo da tag: doutrina

O Evangelho 3G

Grana, glamour e gambiarra
“Uma congregação enorme é algo bom e agradável, mas a maior parte das comunidades precisa mesmo é de alguns santos. A tragédia é que pode ser que eles estejam lá, como embriões, esperando ser descobertos, precisando de treinamento eficiente, aguardando ser libertados do culto à mediocridade” (Martin Thornton)
Está inaugurada a portabilidade eclesiástica! Vai ter pastor colocando catraca eletrônica na porta do templo, pelo menos assim dá pra saber (contabilizar…) se o fluxo aumentou ou (bate três vezes na madeira da cruz…) se diminuiu. Imagine a cena: uma pessoa chega para o pastor e diz: “Pastor, quero mudar pra essa igreja, mas quero ficar com a minha teologia” – eis a porta(dos fundos)bilidade da fé.
O evangelho 3G chegou pra ficar! Grana, glamour e gambiarra. Agora vai! Só não sabemos pra onde… O problema maior é que os crentes/clientes do balcão da religiosidade tresloucada pós-moderna vão ficar cada vez mais chatos. Para aquela perguntinha do apóstolo Paulo aos Gálatas 3.1: “Quem vos fascinou?”, a resposta hoje será um uníssono: “a portabilidade!”.

O evangelho 3G tem a seguinte configuração:

Grana: O evangelho 3G é o evangelho do moneycentrismo. Você vale o que seu bolso determinar. Se você tem dinheiro, ah, “o céu é o limite”, você pode tudo! O evangelho 3G tem horror a pobre. É a teologia Caco Antibiana! Detesta “ofertinhas” e “viuvinhas”. Tem alergia ao diminutivo. O negócio é a “reunião dos empresários”, a “unção da prosperidade” e o “voto faraônico”. A sua trindade é assim: Lucro, Consumo e Prosperidade. Coitados dos que recebem o famigerado salário mínimo…

Glamour: O evangelho 3G é o evangelho da ostentação, do luxo. Das revistas imitando pobremente a “Caras” (aí fica “Faces”, pra dar uma de crente), aos pastores e pastoras “emergentes” (aqueles “papagaios de piratas” que não perdem uma noite de autógrafos). Eles adoram aparecer na TV. São viciados nos holofotes. Já não andam de carro (principalmente no trânsito eterno de sampa), eles têm helicóptero, chiques não? É o evangelho Dolce Gabana, Daslu, Armani e cia. Coitado do Jesus dos evangelhos, com aquelas sandalinhas de couro… ninguém merece…
Gambiarra: O evangelho 3G é o evangelho da maracutaia. É a igreja de Simão (um mágico safado que percebeu a possibilidade marqueteira e quis “dar uma de esperto” pra cima dos apóstolos – At. 8. 9-20). É a teologia canalha que, em nome de Deus, vai “profetizando” seu estelionato religioso. O evangelho da gambiarra é baseado na lei fundamental da pilantragem: você é um trouxa; eu sou o profeta que vai dar a você a chance de ser alvo da minha esperteza! Você nasceu pra ser iludido; eu, pra iludir – o mundo é maravilhosamente ordenado! Coitados daqueles irmãos que acreditam numa coisa chamada “caráter”…
Esse é o Evangelho 3G. Eu até queria escrever mais… só que tô me sentindo péssimo… desculpe, é que a vontade de vomitar é grande… vou correr pro banheiro…

Fonte: ALAN BRIZOTTI

 
1 comentário

Publicado por em 28/08/2009 em POIMENIA

 

Tags: , , ,

Apologeta escreve ao apóstolo Valdemiro Somilagro


Caro internauta, leia abaixo a carta de Apolo Getúlio (Apologeta) ao famoso apóstolo Valdemiro Somilagro.

Prezado apóstolo Valdemiro Somilagro, estou impressionado com a sua popularidade. E tenho percebido que o senhor é querido até mesmo por ferrenhos críticos dos telenganadores da atualidade, além de manter um bom relacionamento com o mais famoso telepregador assembleiano (no Brasil, é claro), o qual tem feito questão de elogiá-lo. Mas, a despeito de eu também reconhecer o sucesso de seu empreendimento e valorizar o lado bom de suas pregações, preciso dizer-lhe algumas palavras não muito agradáveis.

Sei que o senhor já foi um dos seguidores do maior evangelista do século, o bispo Pedir Maiscedo. E estou ciente de que, atualmente, o senhor (ainda que de maneira tácita) está em disputa por audiência com o mencionado telebispo e com o telemissionário Acerte Acerte Soares. Na verdade, os senhores, além de usarem adjetivos de grandeza para as suas universais, internacionais e mundiais igrejas, fazem questão de usar títulos diferenciadores: bispo, missionário e apóstolo.

Apesar da origem comum dos senhores, vejo que o apóstolo Valdemiro Somilagro tem adotado uma estratégia diferente. O bispo Maiscedo priorizou, no começo, o exorcismo, mas atualmente enfatiza mais a teologia da prosperidade. E o seu empreendimento tem crescido bastante, a ponto de ele conseguir manter uma grande emissora. Já o missionário preferiu seguir a confissão positiva de Kenneth Hagin e outros “mestres da fé”, a qual, sem dúvidas, também é muito rentável.

Maiscedo continua investindo na teologia da prosperidade, baseada em sua famosa máxima “Ou dá, ou desce”. Já o simpático e cativante telemissionário continua com os seus ensinamentos sobre “determinação”, a despeito de também ter os seus bispos milagreiros e suas grutas de milagres. Quanto ao senhor, caro Somilagro, realmente tem sido diferente dos outros, posto que enfatiza mais do que eles a obra que o Senhor Jesus realizou por toda a humanidade. Mas não concordo com a estratégia que o senhor emprega para conquistar seguidores: propagar um evangelho centrado prioritariamente em milagres.

Reconheço que o senhor é dono de um grande carisma. Sua aparente piedade até…
LEIA + AQUI

Fonte: BLOG DO CIRO

 
1 comentário

Publicado por em 28/08/2009 em POIMENIA

 

Tags: , , , ,