RSS

Arquivo da tag: burnout

11 Signs of Ministry Burnout

#1 – You begin to despise the people you are called to love and minister to.

#2 – You often allow your mind to drift towards what else you could do OTHER than ministry.

#3 – You feel like a “ministry machine” that does what you do out of guilty obligation rather than out of an overflow out of your own intimate walk with God. (In other words, as Bill Hybels says, “the rate at which you are doing the work of God is destroying the work of God in you!”

#4 – You begin to make decisions based on what is the easiest rather than what you KNOW God wants you to do.

#5 – You become increasingly critical of churches, people and ministries that you feel God is blessing more than you.

#6 – You can’t remember the last time you actually opened your Bible to comune with God rather than trying to find a sermon/Bible study.

#7 – Your begin to view the staff you serve with as your servants rather than God’s servants.

#8 – You use delegation as an excuse to be lazy.

#9 – You can’t remember the last time you and your spouse had a conversation that was not church related.

#10 – You can’t remember the last time you spent time with your children…and enjoyed it.

#11 – You begin to doubt the power of God in your life and the life of others.

(ht: Perry)

Source: MINISTRY BEST PRACTICES

 
1 comentário

Publicado por em 16/06/2012 em POIMENIA

 

Tags: ,

“Pastores esquecem que são humanos”

Durante conferência um lider cristão norte-americano afirmou que “pastores esquecem que são humanos”

O pastor da igreja americana New Hope Christian Fellowship, Wayne Cordeiro, disse durante um encontro de líderes da igreja que pastores também podem sofres estresse: “Não importa se você está em uma igreja pequena ou grande, pode acontecer a qualquer um”, disse ele na conferência que foi transmitida para mais de 60 locais em todo o EUA.

Autor do livro “Leading on Empty” (“Liderando com empatia” em tradução livre), Cordeiro afirmou que o assunto é um tabu entre lideranças cristãs e contou que quando começou a se sentir estressado, ele não admitiu e tentou continuar.

“Eu sentia como Schindler. Eu poderia ter salvado mais um casamento. Eu poderia ter levado mais uma pessoa a Cristo”, disse ele revelando como se sentia em relação ao seu ministério.

Segundo o The Christian Post Cordeiro conta que percebeu que estava errado ao pensar que podia fazer tudo o que ele sentia que tinha capacidade, se não fosse realmente o que Deus queria que fizesse. e ressaltou que no ministério muitas vezes “não se pode parar o trem”. “Você pensa que é ‘Superman’ no início, acha que é à prova de balas. Não se esqueçam de que somos pastores, não podemos esquecer que somos humanos”, completou.

James MacDonald, mediador do evento e pastor da Harvest Bible Chapel, também falou das experiências que passou quando experimentou períodos de estresse em seu ministério: “O Senhor me deu algumas ideias espirituais. Eu tinha negligenciado a minha alma. Eu tinha negligenciado a minha caminhada com o Senhor”, contou.

Crawford Loritts é pastor a mais de 40 anos e falou da importância de períodos longe do ministério como uma forma de evitar o estresse, e apontou como raiz do problema a forma que as igrejas têm formado seus líderes atualmente.

“Todos se concentram em conferências sobre desenvolvimento de liderança, quando temos de nos concentrar mais tempo no desenvolvimento de líderes. Minha identidade não é o meu ministério. Dirigentes mais jovens começam em uma esteira de desempenho, quando a verdade da questão é, Deus soprou sobre todos nós”, disse Loritts.

Fonte: Gospel+

 
Comentários desativados em “Pastores esquecem que são humanos”

Publicado por em 31/01/2012 em POIMENIA

 

Tags: , , , ,