RSS

Ecoclubes reúnem jovens e formam novas lideranças socioambientais

12 out

Marcela Valente, da IPS

A experiência nasceu na Argentina há pouco mais de 15 anos e já se espalhou para cerca de 30 países da América Latina, África e Europa. Trata-se dos ecoclubes, espaços de promoção de adolescentes e jovens que trabalham para melhorar a qualidade de vida de suas comunidades. Os ecoclubes, que estão integrados por sócios de 12 a 25 anos com voz e voto, têm por finalidade promover a formação de cidadãos responsáveis e comprometidos com as necessidades de seu entorno, segundo seus estatutos. Para isso trabalham em conjunto com outras organizações da sociedade civil.

“Buscamos inserir na comunidade ações de transformação e formar cidadãos conscientes da necessidade de cuidar do meio ambiente”, resumiu Liliana Freta, de 23 anos e presidente do Ecoclubes Argentina, em conversa com a IPS desde onde mora na província de Jujuy, limítrofe com a Bolívia. Para isso os jovens se capacitam, projetam e levam adiante programas de informação, pro exemplo, sobre mudança climática, reciclagem de lixo ou formas de propagação da dengue. A idéia é difundir os temas em escolas e também entre os moradores por meio do método “porta a porta”.

A história dos ecoclubes começou e 1992 quando o engenheiro agrônomo Ricardo Bertolino incentivou adolescentes de escolas médias de Firmat, ao sul da província de Santa Fé, a se organizarem que sua comunidade classificasse o lixo domiciliar. Os jovens formaram patrulhas que percorria as casas explicando a proposta. Em seguida a idéia se reproduziu em outras localidades da região e, com o tempo, derivou nos ecoclubes. Em cada localidade um grupo de jovens trabalha nos problemas ambientais e sociais prioritários da área.

“São espaços de formação para a liderança juvenil, inclusive, digo que fazemos política ambienta e, de fato, há atualmente jovens que foram nossos sócios participando como legisladores”, acentuou Freta, que estuda direito. A rede, que não exige uma estrutura complexa, se propagou rapidamente e hoje existem na Argentina mais de uma centena de ecoclubes, dos quais participam ativamente cerca de 1.500 adolescentes e jovens em cinco áreas que cobrem todas as regiões do país, noroeste, nordeste, Cuyo, centro e Patagônia.

Em menos de uma década o sistema se multiplicou no Brasil, Chile, Bolívia, Costa Rica, Espanha, Equador, Honduras, Guatemala, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Uruguai e República Dominicana, além de países da Europa e da África, totalizando 33. Através de um conselho diretor, os diversos grupos estão vinculados à Rede Internacional de Ecoclubes (RIE), que tem Bertolino – criador da idéia – como membro ativo. Os representantes de cada país se reúnem uma vez por ano para troca de experiências.

“Na Argentina, os temas prioritários são água, lixo sólido urbano, vegetação, mudança climática e questões de saúde, como a dengue. Mas, estamos começando um novo programa que leva em conta uma preocupação maior dos jovens pelo social”, disse Freta. Um dos ecoclubes que trabalha em profundidade neste aspecto é o de Clorinda, 1.200 quilômetros ao norte de Buenos Aires, na província de Formosa, limítrofe com o Paraguai. “Trabalhamos com crianças e adolescentes de poucos recursos em restaurantes comunitários”, disse à IPS Juan Ortiz, do Ecoclube.

A organização tem cerca de 30 membros ativos e recebe voluntários de diversos países do mundo que se instalam nessa cidade para participar da experiência de trabalho comunitário durante alguns meses. “Organizamos jogos e tratamos de ensinar as crianças como cuidar do ambiente”, ressaltou Ortiz. Este estudante de Administração explicou que trabalham junto a outras organizações sociais nos restaurantes e também gestionam projetos como o “Expresarte”, uma iniciativa financiada pela Secretaria de Cultura da Nação para crianças e adolescentes de Clorinda. Por meio do projeto, o Ecoclube dessa cidade convoca professores de teatro, canto coral e de violão para darem aulas gratuitas às crianças da comunidade.

(Envolverde/IPS)

Fonte: MERCADO ÉTICO

 
Comentários desativados em Ecoclubes reúnem jovens e formam novas lideranças socioambientais

Publicado por em 12/10/2009 em POIMENIA

 

Tags: , ,

Os comentários estão desativados.

 
%d blogueiros gostam disto: